A História

Texto: Igor Andrade

Fundada em 1936, a Motta Internacional ganhou prestígio como distribuidora ao usar o Canal do Panamá, na América Central, que estrategicamente facilita o fluxo de mercadorias entre o Norte e o Sul do continente e o Caribe.

 

Trabalhando com os perfumes Dior, os eletrodomésticos da Philips e as joias da Cartier, entre outras marcas, investiu em lojas licenciadas da Montblanc, Adidas e Apple em shoppings da América Latina, além de manter a rede Attenza Duty Free em certos aeroportos. A lista de empreendimentos é extensa.

 

Com a experiência adquirida, em 2001 passaram a representar a Nintendo na região, porém ainda de maneira experimental. O contrato de exclusividade veio exatamente quando o Brasil ficou órfão de um representante.

 

Para entender melhor o cenário interno e preparar o terreno para o Nintendo DS, eles enviaram Rafael Gómez, que logo começou a frequentar eventos de cultura nerd − Anime Friends e outros −, também começou a montar equipes de promotores para trabalhar em eventos e centros comerciais de São Paulo.

 

Em 2006, o grupo separou a divisão de games das outras, estabelecendo a Latamel. Era importante se preparar para a chegada do Wii, que foi lançado no Brasil em 19 de novembro, mesma data dos Estados Unidos. Custava R$ 2.399.

 

Durante este período, foi veiculado que a Big N abriria uma fábrica em um pólo de tecnologia em Santa Catarina, algo que foi rapidamente desmentido. A verdadeira missão dos panamenhos era "formalizar o varejo". Ou seja, conscientizar o mercado e o consumidores a não lidarem com produtos vindos sem impostos do Paraguai e países vizinhos. É a tal da concorrência desleal que sempre foi uma pedra no sapato.